CLÍNICA GERAL

Restaurações - A restauração é uma forma de fazer com que o dente afetado pela cárie volte á sua forma e sua função normal. O dentista remove a parte do dente que esta deteriorada, limpa a área atingida e preenche a cavidade com material de restauração, que podem ser ouro, porcelana, resina composta (restauração da cor do dente) e amálgama (uma liga de mercúrio, prata, cobre, estanho e algumas vezes zinco).

Aplicação de Flúor - Processo recomendado para crianças e adultos. Com a erupção do primeiro dente, já se deve iniciar esse cuidado, pois o flúor ajuda no amadurecimento dental. A aplicação de flúor deve ser repetida a cada seis meses, até os 3 anos de idade.

Endodontia - Especialidade odontológica popularmente conhecida como Tratamento de Canal, responsável pela prevenção e tratamento das doenças da polpa do dente. A endodontia também atua no tratamento clinicoterápico dos casos de necrose pulpar e suas possíveis consequências, como abscessos, cistos de pequeno e médio porte, dentre outros. O tratamento de canal consiste na remoção da polpa dental, uma estrutura viva que contém, entre outros elementos, nervos e vasos sanguíneos.

Bruxismo - É um ranger ou um forte apertar dos dentes. O bruxismo pode fazer os dentes ficarem doloridos ou soltos, e, as vezes, partes dos dentes são literalmente desgastados. O bruxismo pode acarretar na destruição do osso circunvizinho e do tecido da gengiva, além de levar a problemas que envolvam a articulação da mandíbula, como síndrome da articulação temporomandibular (ATM). O uso de um dispositivo personalizado para dormir é um dos tipos de tratamento. O dispositivo encaixa-se sobre os dentes superiores e os protege de se triturarem com os dentes inferiores. Apesar de o dispositivo ser uma boa maneira para lidar com bruxismo, ele não é uma cura. Por isso, cada caso deve ser tratado com exclusividade.

Cirurgia Oral Menor - Especialidade odontológica responsável pelo tratamento de problemas relacionados aos dentes e ossos da região da face. Trata desde a remoção de dentes inclusos (como o siso), até a realização de enxertos ósseos e posterior colocação de implantes, além de intervenções em alterações patológicas (como tumores), malformações estruturais e traumas dos ossos da face.

Selante - A aplicação é feita para agir como uma barreira, uma película protetora que, facilitando a limpeza dos restos alimentares e o controle da placa bacteriana, reduz o risco de essas superfícies ficarem cariadas. Os dentes posteriores, os quais usamos para triturar os alimentos, contêm fissuras e fóssulas onde os restos alimentares e a placa bacteriana ficam retidos e se acumulam onde as cerdas das escovas não conseguem limpar. Dessa forma, o selante protege o dente e diminui o risco de cárie. Recomendado para todas as crianças, e também jovens e adultos que apresentem riscos de cáries. O procedimento leva cerca de poucos minutos para um dente ser selado.